V de Vinagre

V-de-Vinagre

Enfim parte do povo acordou de um sono profundo… o sono da mesmice e do conformismo.

Enfim essa parte, mesmo que ainda pequena, percebeu que mudar não se resume a cumprir aquele papel pré-estabelecido há tempos, de ir às urnas votar no “menos pior”…

Fazer isso não muda absolutamente nada, não aqui, não no Brasil. Porque nosso Sistema é podre, corrupto da base até o último degrau. Porque do jeito que está ninguém irá mudar, não existe meio de fazê-lo… e se existe deve ser mais complicado que citar os primeiros milhares de dígitos do Número Pi. Eles amarraram bem a coisa, a ponto da grande maioria realmente acreditar que votando mudará algo…

Mas alguns despertaram, de forma admirável… e torço p/ que essa massa aumente, consideravelmente!

Ir p/ rua é a solução? Na prática não, não mudará nada a curto prazo… mas é um começo louvável!

Inevitável comparar essa imensa mobilização com V for Vendetta (1982), do mestre Alan Moore. Leiam e entenderão! Assistiram o filme? Beeemmm resumido (tarefa dificílima transpor a obra p/ as telas), mas… ainda assim, muito válido!

Li ainda nos anos 80 e, com o passar do tempo, observando o Brasil afundar na lama da corrupção, e a passividade e omissão de seu povo, minha descrença atingiu níveis astronômicos!

Procurei fazer a minha parte, deixando de lado essa utopia, esse sonho de ver o povo nas ruas, os tão famosos ‘panelaços’ argentinos… e julgo que venho cumprindo com louvor meu papel. Nesse meio tempo, assisti o fogo cruzado entre amigos, familiares, conhecidos… Situação contra Oposição, Partido X versus Partido Y… pessoas gastando sua preciosa energia para comparar o incomparável (a não ser àquilo que o gato enterra!)…

Esqueçam os partidos, os políticos… nada é aproveitável, infelizmente!

Mas eis que esse sonho começa a pegar forma, a se tornar realidade… milhares nas ruas, em paz, indignados… (há também a meia dúzia de covardes e oportunistas… e sempre existirão, infelizmente).

Porém, ver a população se mobilizando (Santa Internet!) não tem preço!

É preciso estabelecer os próximos passos, mas o 1º foi dado e isso é o mais importante, por ora.

Estou orgulhoso dos que despertaram… e ansioso, na torcida, para que outros o façam!

Sempre que levo meu filho mais velho p/ escola, tenho que contar uma história! Isso todo santo dia! E não pode ser um conto, fábula etc. tem que ser sobre a minha infância… então, como todo pai herói, procuro contar minhas peripécias, sempre com uma liçãozinha no final!

E minha infância sem meu primo-irmão Emmanuel Romanelli de Oliveira, vulgo Manu, não é infância! Portanto, GERALMENTE, pego ele pra Cristo, para ser o cara que faz as coisas erradas (às vezes esse papel recai sobre mim também, juro!) e aprende as lições… (mesmo sendo eu, na maioria dos casos, o menino que pisou na bola!) 😉

MAS, nesses últimos dias, meu Manolito tem sido o herói da parada… meu e do meu filho! Porque está lá, nas ruas, esquecendo essa babaquice de discutir partidos e reivindicando por algo verdadeiro!

Manu, tenho orgulho de ti (e dos demais, que enfim despertaram)… e você me representa!

Anúncios

~ por felldesign em junho 17, 2013.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: